Receber florzinhas do jardim

Sabem quando um primo ou afilhado vem oferecer-nos uma flor que apanhou no jardim? E nós achamos aquilo amoroso e tentamos por atrás da orelha mas como ele arrancou quase sem caule, não conseguimos que se segure e só nos resta tentar por na casa do botão da camisa mas aquilo está sempre a cair e quando a criança vira costas deixamos a flor cair ao chão “sem querer”.

Aconteceu-me agora mas não com uma criança mas com o meu marido, que decidiu oferecer-me uma flor que amorosamente arrancou do jardim. Trouxe-me a flor enquanto estava a pôr a Luisinha a dar o arroto. Uma flor sem caule – (o que vou fazer a esta flor?…) – e com bichinhos verdes. Queridíssimo(a)… a intenção.

A propósito disto, lembro-me que o meu irmão mais novo era pequenino (o mais novo de 6) e ofereceu uma flor a minha mãe no jardim. A minha mãe – que já deve ter recebido duzentas florzinhas sem caule de crianças – riu-se, deu-lhe um beijinho e nem esperou que ele se distraísse e “deixou a flor cair ao chão” enquanto continuava a conversar. Só quando eu mostrei a minha indignação (- Mae, ele ainda está aqui!) é que a minha mãe se apercebeu o que tinha feito. Realmente… Cada vez estou mais contente por ter sido a primeira filha!

Febre de fatos de banho

O que é que se passa para estarem a nascer (e reaparecer) marcas de fatos de banho como cogumelos?

É Nachos, é Naji, Favela do bikini, Flutua…

Depois do bebé nascer andei à procura de algum fato de banho ou bikini giro mas não cheguei a comprar porque queria experimentar e as marcas que andava a ver só estão em Lisboa. Cheguei a comentar que tinha pena que cá no Porto houvesse tão pouca oferta seja de bikinis ou roupas de bebé ou seja no que for.

E de repente nascem todas estas marcas do Porto! Fico mesmo contente com a iniciativa e coragem das pessoas por avançarem com estes projetos!

Agora… O difícil é escolher!

Queria arranjar um fato e banho para mim e para a Luisinha com o mesmo padrão! Soube de uma marca que tem fatos de banho para pais e filhos mas não consigo encontra-la e não me lembro do nome. Se alguém souber, diga-me!

‘Azar do caraças’

imageEste fim de semana voltámos para casa. Desde que a Luisinha nasceu estávamos em Vila do Conde e achamos que já estava na altura de voltar.

Chegámos no sábado e a Luisinha decidiu estrear a casa da melhor maneira: berrou, berrou.. Até às 2h da manhã. E eu aflita com os vizinhos – especialmente com a vizinha de cima (aquela que me ofereceu uns chinelos para eu tirar os tacões).

Ontem passámos o domingo em casa, alguns amigos vieram conhecer o bebé e foi tudo tranquilo.

Hoje, às 8:30 da manhã, começa um chinfrim impossível! Barulho de esburacar a parede ao lado do nosso quarto. Um barulho insurdecedor! OBRAS – nem acredito!

No princípio da gravidez, tive 15 dias de baixa e houve igualmente obras nessa altura – a partir das 8:30 quase não conseguia dormir.

Agora, com um bebé em casa, obras outra vez??! Ainda por cima parece-me que é mesmo na casa da nossa querida vizinha!

Help!

Por cada bebé, um anel

É sabido que os 9 meses de gravidez não foram propriamente os meses mais felizes da minha vida. Sentia-me enjoada, gorda, inchada, cansada e, enquanto isso, o Tó – que ia ter o mesmo bebé que eu – passeava-se à minha frente giro e bem disposto, como se nada fosse.

Perante este injusto cenário, comecei a pensar que devia ser recompensada por este esforço (e não, a recompensa não é o bebé porque esse, ele também ia ter e sem qualquer esforço.).

Até que comecei a convencer o Tó que era justo eu receber uma jóia quando a Luisinha nascesse como paga por a ter carregado 38 semanas seguidas e ainda ter de passar pelo parto e pelas coisas assustadoras que fazem parte do processo (a.k.a. agulhas, epidural etc).

Como a perspectiva é termos mais filhos achei que o ideal era receber um anel por cada um e que desse para ir juntando e usar os vários no mesmo dedo, idealmente que tivessem uma pedra para associar uma cor a cada filho. Bem, andei a fantasiar com isto.

O bebé nasceu e… Nada de anel. ‘Paciencia’ – pensei eu. Não toquei no assunto.

Passou-se um mês e meio e, quando já não esperava nada, recebi este anel ‘lindo de morrer’ !! Por coincidência já o tinha visto no instagram da @rosarinhocruzjoias, de onde também é o meu anel de noivado, e até tinha posto like. Fiquei mesmo contente!

Ainda por cima preenche todos os requisitos: tem uma pedra e por isso dá para mudar a cor por filho e é fino e perfeito para juntar com outros. (Mas também não é fino de mais, o que significa que não vão caber muitos ! Depois quando vier com a conversa de ter mais filhos posso sempre alegar que foi ele que definiu o número pela largura do anel! Ehehe)

 

Sad rainy days

Nem acredito neste tempo horrível depois daqueles dois dias maravilhosos…! E é ainda mais triste olhar para as previsões dos próximos dias…

Lembro-me de há uns anos a minha mãe queixar-se do tempo e eu dizer que para mim era um bocado indiferente, sobretudo estando em tempo de aulas, se está a chover ou se está sol. Nem sei como não ligava porque nessa altura andava bastante a pé e de autocarro/metro porque andava ainda no secundário no Porto e vivia em Vila do Conde.

Hoje em dia, o tempo tem imensa influência no meu estado de espírito! Por isso, passar de um dia de look total white e sandálias, para leggins pretas e botas de cano alto… Ui. Custou. Ainda por cima com a Luisinha a chorar todo o dia – ontem foi dose.

TotalWhite

Vamos ver como corre hoje!

SHOPPING FOR MY BABY #1

Se o orçamento para comprar coisas giras para mim já era curto, agora tenho de o dividir com um bebé… vai ser lindo! Vou ter de ser criativa e reinventar roupas antigas para ter a sensação que tenho coisas novas…

Ainda por cima, as roupas de bebé são cariiiiiissimas – e eu tive a sorte de ter um enxoval completíssimo que a minha mãe me emprestou para estes primeiros tempos.

Mas trago boas notícias para todas as mães! – Na semana passada fui à inauguração da loja Sergent Major no Marshopping – uma marca francesa de roupa de criança com coisas giríssimas, padrões super alegres e a ÓPTIMOS preços!

A loja é no Piso 0, em frente à Sportzone, e apresenta uma variedade enorme de padrões e modelos porque a coleção está organizada por mini-temas pensados ao detalhe.

Eu adorei este padrão dos gelados. É mesmo giro para o verão!

FullSizeRender_4
É uma marca que se distingue, na minha opIMG_3452inião,
pelos padrões e cores e pelos detalhes. Para cada padrão existem várias peças a condizer, nem que seja em pequenos pormenores que fazem a diferença. Ah e para todos os padrões há um chapéu!

Claro que trouxe um outfit giro para a Baby Lu!

 

Passem lá que vale a pena!