JOY – (not) FUNNY JENNIFER

Jennifer Lawrence foi uma das vencedoras dos Golden Globes 2016 e o filme Joy, de que lhe valeu este prémio, tem sido super badalado nesta época de nomeações e prémios do cinema – e eu pergunto: porquê?

Vi o filme no cinema por falta de alternativas e horários e juro que estive a lutar contra o sono durante toda a primeira parte. Achei mesmo muito fraca e patética.

Na segunda parte do filme, a história desenvolve-se um pouco e ganha algum interesse com a invenção da esfregona e o sucesso que ela consegue ter em vendas mas ainda assim… não.

É suposto ser um hino à força e capacidade de sobreviver e empreender das mulheres… mas não me conseguiu passar qualquer emoção. Por ser baseado numa história real ganha alguma dimensão, mas continuo sem perceber como lhe valeu um Globo de Ouro e está nomeado para Óscar.

Claro que a minha irritação crónica com a Jennifer Lawrence não ajudou – para além de achar que é uma atriz mediana, irrita-me esta mania que ela tem de que tem imensa graça e que não consegue controlar em todas as suas aparições.

Soube ontem da postura absurda e arrogante que teve com um jornalista nos Globos de Ouro e, mais uma vez, fiquei muito mal impressionada.

Havia alguma necessidade? Achou mesmo que estava a ter piada? Enfim… Not funny, Jennifer.

Anúncios

YOU CAN’T HIDE FROM YOURSELF

Depois de uns tempos a lidar com as mais recentes mudanças – gravidez, mudança de função, as minhas amigas a irem embora do país ou, pelo menos, do Porto – estou preparada para voltar.

Preparada para lidar com tudo sem dramas, só com alegria e coragem.

Volto com uma música que me tem tocado especialmente nos últimos tempos:

 

E agora ainda tem mais significado para mim: todos os dias tenho de lidar com o facto de ter de “carry my own weight” 🙂

CARA DELEVINGNE RETIRA-SE DAS PASSERELLES AOS 23 ANOS

A modelo britânica Cara Delevingne deu uma entrevista ao The Times onde disse que se ia retirar das passerelles.

article-2543139-1AD806A900000578-92_634x409

Todos conhecemos a top-model que já fez as mais variadas campanhas para as marcas de topo como Chanel e Burberry e marcas de fast-fashion como H&M e Mango.

A justificação que deu para deixar a runway foi “esqueci-me da jovem que sou, sentia-me velha” referindo-se ao ritmo alucinante das viagens e dizendo que se sentia sempre no limite.

Aproveitou ainda para criticar o assédio sexual que existe na indústria da moda e o mood machista que há em todas as produções que a fez posar em posições sugestivas desde muito nova.

Cara_Delevingne_Burberry_Lip_Velvet_Campaign-300x200Realmente lembro-me da Cara desde há imensos anos já e fiquei espantada por ainda ter 23 anos! Significa que já a vemos em mega produções desde cedíssimo e que eu não me fui apercebendo de que tenha ficado mais velha!

la-modella-mafia-Cara-Delevingne-x-Style.comPrint-SpringSummer-2013-photographed-by-Matt-Irwin-3

Aliás, associo-a sempre a ser uma miúda porque durante algum tempo foi a imagem da trafaluc – marca mais jovem da Zara, direcionada aos teens.

Não consigo acha-la uma mulher genericamente bonita porque quando olho para ela vejo feições bastante masculinas, os olhos um pouco salientes e um nariz não muito perfeitinho mas é indiscutível que tem uma beleza própria, imensa presença e revela uma confiança inquestionável.

É um ícone exactamente pela diferença e graça natural que vemos em todas as campanhas.

Cara-Delevingne-And-Kate-Moss-My-Burberry1

Se se vai retirar das passerelles… Nem vamos reparar porque vai continuar a estar por todo o lado e muitas vezes com a sua bff Kate Moss que, apesar de a sua beleza ser discutível, para mim é e será uma das mulheres mais bonitas do mundo!

unnamed

As modelos já têm trabalhado juntas, ficando cada vez mais associadas uma à outra.

Começaram por fazer juntas uma campanha da Burberry e atualmente são a cara de uma nova campanha da Mango (#somethingincommon).

Picture1

Follow me

insta

QUANDO OS COLEGAS DE TRABALHO…

…nos obrigam a estragar dieta.

Há uns tempos descrevi a forma como somos bombardeados no nosso dia-a-dia com pressões para comermos coisas que boas e que engordam.

Neste período de férias estas pressões intensificam-se e, como metade das pessoas estão de férias, é muito mais difícil passarmos despercebidos e tomar só um café, sem ninguém notar que não tocamos nos bolos e nas bolachas que todos alegremente partilham – porque nunca engordam; porque comer bolos à semana é indiferente para eles…!

Agora os argumentos são outros:

Oh eles vão de férias… e nós viemos de férias e estamos deprimidos… temos de ir comer.”

Trabalhar no verão ninguém merece! Temos de ter alguma coisa boa!

Estamos em Agosto… é mês de férias, começas em Setembro, anda lá!

Vais ficar aqui a almoçar sozinha com este dia tão bom? Não sejas parva.”

Qual é o problema de mais um quilinho? Estás morena, nem se nota!

…and so on…

E a verdade é que a maioria das pessoas não compreende o stress com o peso e as dietas e, se o levar ao limite e nunca ceder, vou ser vista quase como uma desequilibrada ou obcecada.

E por isso… hoje, sexta-feira, dia de semana normal – almocei McDonalds.

E sim, estou a bater mal com isso! E os meus colegas de equipa estão na mesma como se tivessem almoçado peito de frango com salada.

Ainda por cima a uma sexta-feira! Significa que já não vou fazer nenhum esforço até segunda-feira… Porque “perdido por 100, perdido por 1000!”. Bem… era pior se tivesse sido numa quinta.

Follow me

insta

SE FOSSE RICA COMPRAVA…

A coleção OI está a chegar e eu já começo a ter vontade de comprar roupa de inverno – mesmo antes de ir de férias de verão.

Fico sempre apaixonada pelas coleções nesta altura e, normalmente, mal chego das férias (vou sempre na 1ª quinzena de Agosto – tic tac), vou às lojas conhecer as novidades. Isto quando não consigo ir a nenhum shopping durante as férias! Sabe-me sempre bem ir uma vez para não custar tanto voltar – sabendo que há coisas lindas para usar no outono e inverno!

Nesta altura já temos acesso ao avanço da coleção e já temos um cheirinho das principais tendências.

Apesar de me recusar a comprar peças de OI antes das férias de verão,

SE FOSSE RICA COMPRAVA…

Este colete da Zara

Zara_post oi15

e estas sandálias, também da Zara.

zara sandalias_oi15

Digo que comprava se fosse rica, não por serem peças muito caras, mas porque são claramente peças acessórias.

Mas como hoje vou ganhar o Euromilhões, ainda as vou ter !

Follow me

insta

PORQUE FAZEM ISTO?

Adoro o modelo deste top da Mango!

TOP 3

Gosto imenso de mistura de tecidos ou de trabalho de tecidos na mesma peça (neste caso o mesmo tecido liso com uma parte plissada).

TOP 1

Acho muito giro!

Mas não gosto nada do padrão que, por ser tão chamativo, sobrepõe-se ao impacto do modelo.

Acontece-me muitas vezes isto! Devo ser esquisita com padrões e, por isso, imensas vezes, adoro o modelo e formato de uma peça e não gosto do padrão.

Devia ser obrigatório as marcas fazerem sempre uma versão de uma cor lisa de todos os modelos! Pode ser que ainda apareça noutro padrão ou de uma só cor e aí… vou ter de comprar.

Follow me

insta